26/01/2022 às 15:32 Foco no Casamento

Planejando o pré-wedding

2
3min de leitura

Se você acha que o trabalho do fotógrafo é só apertar o botão na máquina na hora do evento, está redondamente enganado! O bom fotógrafo começa a produzir antes da cerimônia, efetiva a cobertura durante e continua trabalhando depois. E a primeira etapa é planejamento. Nesta coluna vamos falar especificamente sobre o planejamento do ensaio pré-wedding, que envolve inúmeras etapas, como a escolha do local, das roupas, poses e tempo de deslocamento.

Um exemplo desse planejamento foi o ensaio do casal Regina e Daniel. Eles queriam fotografar em um condomínio de casas, um local de natureza exuberante e à beira mar. “Como eu não conhecia esse lugar e não encontrei referências em imagens na internet, fiz primeiro uma visita técnica, bem antes do ensaio. Fiz o mapeamento dos melhores pontos para fotografar o casal, com mais de 100 fotos de cantinhos que avaliei como potenciais para boas fotos. Quando cheguei em casa, fiz uma filtragem. Aliei isso aos looks que eles pretendiam usar”, explicou Bruno César.

Muitas vezes, Bruno solicita ao casal que envie pelo WhatsApp as roupas que pretendem usar no ensaio. “Geralmente, o casal tem preferência por algumas cores e eu analiso que relação elas têm com o ambiente e com a energia deles também. Tudo precisa estar em harmonia. Quando comecei na fotografia, acontecia de o cliente vir com uma mala de roupas, outra só de sapatos e aí perdia-se muito tempo tentando combinar”, alertou Bruno.

Entender o estilo do casal também é algo essencial para Bruno. “Tenho que entender se são tímidos ou mais extrovertidos e o que pretendem do resultado das fotos. Por isso, sempre peço que escolham na internet algumas fotos que gostaram. Claro que não vamos fazer igual. Mas essas fotos me ajudam a entender o estilo deles. É um ponto de partida. Vou modelando isso ao meu estilo e jeito de fotografar. Uno a minha arte ao perfil do cliente. Somando e adaptando, com respeito. Quando o casal é mais extrovertido, comunicativo, eu exploro mais isso e as fotos são mais lúdicas, com eles correndo, pulando”, exemplificou.

Outro detalhe a respeito do planejamento do ensaio pré-wedding diz respeito à locação, se ela é um local público ou um ambiente privado, no qual há um custo adicional para o orçamento do ensaio. Além disso, se o casal escolhe mais de um lugar para o ensaio, deve ser calculado o tempo de deslocamento. Como os ensaios duram cerca de três horas, quase sempre, são feitos à tarde, o fotógrafo deve prever qual será o tempo efetivo do ensaio e quantos minutos serão utilizados para o deslocamento e troca de roupa também.

E qual a grande vantagem desse planejamento para os noivos e para o fotógrafo? Não perder tempo. “O planejamento minucioso foi o forte do ensaio de Regina e Daniel. Uma tarde passa bastante rápido. Então, se já temos definidos os lugares, poses e looks, ganho tempo para desenvolver melhor a parte mais criativa, caprichando as cores e texturas. O casal ganha tempo porque, muitas vezes, têm bastante dúvidas em relação às roupas. Mas se elas são definidas antes, tudo é feito mais rápido, podemos fazer até mais fotos no mesmo espaço de tempo”, observou o fotógrafo.

Texto: Janaína Cruz (DRT 857/SE)

26 Jan 2022

Planejando o pré-wedding

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

bride brunocesarimagens casal casamento casandoemsergipe ensaiodecasal fotografo fotografodearacaju fotografodecasamento fotografodesergipe noiva noivo noivos photo photograph planejamento planejandooensaio planejandooprewedding prewedding revistanoivas roupasparaprewedding wedding

Quem viu também curtiu

01 de Ago de 2020

Como registrar a presença dos convidados?

01 de Fev de 2021

Fotografando em tempos de pandemia

01 de Mai de 2020

Noivos tímidos: e agora?